Artigos

As Maravilhas do Suco de Babosa

A babosa é uma planta sagrada para os nativos norte-americanos e respeitada por seu valor medicinal em todos os continentes. Não é à toa, quem já provou, confirmou: a babosa auxilia a digestão, dá energia, embeleza a pele e os cabelos, é um excelente cicatrizante e recupera queimaduras na pele como nenhuma outra substância é capaz de fazer.

Há muitos estudos demonstrando os efeitos positivos do gel da babosa contra diversos males, como:

  • Câncer de mama, intestino, fígado e pâncreas
  • Esclerose múltipla
  • Diabetes
  • Síndrome de intestino irritável
  • Cáries e doenças periodontais
  • Intoxicação por produtos químicos
  • Doenças de pelo

Além disso a babosa demonstrou desintoxicar o fígado, proteger contra radiação e reverter sinais de envelhecimento da pele. Como se não bastasse, a babosa é uma poderosa supercondutora: utiliza e favorece estados de conexão espiritual.

Diante de tanta notícia boa, precisamos nos render a essa baba medonha de sabor amargo.

COMO PREPARAR O SUCO DE BABOSA

Na entrecasca da babosa existe um líquido amarelo, um tipo de resina rica em antraquinonas como a aloína, que embora possua algumas propriedades medicinais e laxantes, é tóxica.

Há controvérsias sobre a forma de preparar o suco de babosa. Alguns autores recomendam bater com a casca, possivelmente para aproveitar os usos terapêuticos das antraquinonas. Vou descrever a forma de preparar o suco que aprendi com David Wolfe, autor do livro Superalimentos e grande pesquisador da babosa. Preparando desta forma, você elimina a aloína e pode tomar um copo de suco por dia. Contudo, como a babosa tem uma ação desintoxicante, comece com ¼ de xícara, ou menos e vá aumentando um pouco a cada dois dias. Sugiro também que faça um teste bioenergético para ver se o seu organismo está podendo receber essa dose de luz líquida.

PREPARANDO O SUCO

  • Colha uma folha grande de babosa de uma planta adulta, que já deu o primeiro pendão de flor. Escolha uma folha sem manchas brancas. A folha deve ser colhida preferencialmente fora dos horários de sol quente e, se possível, 8 a 12 horas antes do preparo. Durante esse tempo a folha deverá ficar em pé, com a base para baixo, deixando escorrer a resina escura.
  • Corte a folha bem na base e remova os espinhos com uma faca amolada.

Cuidado para não se furar nos espinhos, nem manchar sua roupa com a resina amarela.
Lave toda a folha com água e vinagre puro e elimine a ponta, onde quase não há gel que possa ser aproveitado.

  • Corte a folha de babosa longitudinalmente e transversalmente em várias partes.
  • Remova somente o filé, o gel, de cada pedaço com uma faca amolada, eliminando toda a casca e entrecasca. Coloque o gel no liquidificador e acrescente uma xícara de água.
  • Bata em alta velocidade no liquidificador. Espere a espuma assentar e pronto! Isso deve resultar em um a dois copos de suco de babosa.
  • o suco pode ser guardado na geladeira por três dias.

Na hora de tomar o suco, corte um limão e esprema todo o suco dentro de um copo e depois acrescente o suco de babosa. Mexa bem e tome. A babosa deve ser sempre associada a alguma fruta rica em vitamina C, pois a babosa é rica em metil-sulfonil-metano (MSM) que forma colágeno quando associado a vitamina C.

O limão disfarça o sabor amargo. Eu já experimentei misturar com mel também, mas não ajuda muito. Acho melhor beber de vez e depois colocar uma colherinha de mel na boca, para neutralizar o gosto amargo.

Suco de laranja ou tangerina também funcionam bem e podem substituir parte ou toda a água da receita.